Documento sem título
 
 
 
 
         
 
Documento sem título
FEDERAÇÃO
Funções
Missão
Base Territorial
Editais
Notícias
Informativos
Federação em Ação

Sindicatos Filiados

Convenções Coletivas

Circular de Reajuste

Benefícios

Dia das Crianças

Material Escolar

Dúvidas

Serviços Úteis

Disque Denúncia

Contato
 
 
 
Notícias
 
NotŪcia - 22/08/2022 - Carteira de trabalho digital para empregado dom√©stico: entenda como funciona
22/08/2022 - Carteira de trabalho digital para empregado doméstico: entenda como funciona

A carteira de trabalho digital foi criada pelo governo para trazer mais praticidade para todas as partes do v√≠nculo empregat√≠cio. Ela modernizou as rela√ß√Ķes trabalhistas e reduziu a burocracia envolvida na contrata√ß√£o, facilitando os processos.

Esse documento passou por mudan√ßas importantes em 2019, tornando fundamental que empregadores e empregadas dom√©sticas entendam como ele funciona. No entanto, ele ainda √© alvo de diversas d√ļvidas.

O que é a carteira de trabalho digital?

A carteira de trabalho digital foi criada em 2017, permitindo que a empregada dom√©stica acessasse as informa√ß√Ķes sobre qualifica√ß√£o civil e contratos trabalhista por um aplicativo utilizado em dispositivos m√≥veis. A ideia era facilitar o dia a dia, permitindo que os cidad√£os tivessem o documento sempre √† m√£o.

Entretanto, na √©poca isso n√£o era suficiente para substituir o documento f√≠sico. Essa possibilidade surgiu apenas a partir de setembro de 2019, com a Lei da Liberdade Econ√īmica. Com a mudan√ßa, todas as anota√ß√Ķes dever√£o ser feitas eletronicamente.

A exce√ß√£o acontece apenas nos casos em que o trabalhador √© contratado por √≥rg√£os p√ļblicos e organismos internacionais. Nesse sentido, √© necess√°rio entregar a carteira de trabalho f√≠sica e, caso n√£o tenha o documento, solicitar a emiss√£o mediante agendamento.

A carteira de trabalho digital para domésticas é válida?

Como o empregador dom√©stico deve utilizar o Esocial Dom√©stico para enviar as informa√ß√Ķes sobre o v√≠nculo empregat√≠cio e recolher os encargos trabalhistas, a CTPS digital pode ser utilizada normalmente pelos trabalhadores da categoria.

Ao ser contratado, a empregada dom√©stica precisar√° informar apenas o n√ļmero do CPF no momento da contrata√ß√£o, n√£o sendo mais exigido outros n√ļmeros como acontecia na carteira de trabalho f√≠sica.

O acesso pode ser feito pelo site do governo ou pelo aplicativo disponibilizado para dispositivos móveis com sistema Android e iOS. No entanto, quem ainda tem a carteira física deve manter o documento guardado em um lugar seguro, já que ele pode servir como prova sobre vínculos trabalhistas e direitos anteriores à alteração.

Quais são os benefícios que o aplicativo proporciona?

A carteira de trabalho digital foi criada com o objetivo de facilitar o dia a dia do empregador e da empregada doméstica. Conheça os principais benefícios que ela proporciona!

Gratuidade

A emissão da carteira de trabalho digital é gratuita, mesmo para quem ainda não tem o documento físico. Assim, qualquer pessoa tem acesso fácil, concluindo todo o cadastro pela internet. Isso também evita despesas com deslocamento e reduz o tempo necessário para a emissão.

Agilidade na emiss√£o

A solicitação é feita pela internet, via site ou aplicativo, e fica pronta na hora. Depois, a empregada doméstica consegue acessá-la a qualquer momento, basta ter um smartphone, tablet ou computador com conexão ativa.

Integração de dados

Todos os dados informados ao Esocial Dom√©stico s√£o repassados para o aplicativo e para o Cadastro Nacional de Informa√ß√Ķes Sociais (CNIS). Isso proporciona mais seguran√ßa para os registros da empregada dom√©stica, al√©m de facilitar os procedimentos que devem ser feitos pelo empregador.

Facilidade no controle de acesso aos benefícios

A empregada dom√©stica tamb√©m ter√° acesso f√°cil √†s informa√ß√Ķes relacionadas √† benef√≠cios vinculados ao v√≠nculo empregat√≠cio.

Como fazer o cadastro no aplicativo?

Quem ainda n√£o tem carteira de trabalho, pode solicitar o modelo digital pela internet. √Č preciso ter um CPF regular e criar uma conta autenticada no portal gov.br. Ap√≥s escolher a op√ß√£o ‚Äúcrie sua conta‚ÄĚ, voc√™ deve selecionar a alternativa de cadastro desejada:

- Validação Facial no App Meu gov.br;

- Banco do Brasil;

- Internet Banking;

- N√ļmero do CPF;

- Certificado digital;

- Certificado digital em nuvem.

Depois, basta seguir o passo a passo para validar o seu cadastro. Por fim, acesse a op√ß√£o ‚ÄúSolicitar‚ÄĚ no site da carteira de trabalho digital e informar os dados de acesso. O procedimento √© simplificado porque documento √© criado automaticamente para todas as pessoas que t√™m CPF regular.

Para quem j√° tem o documento f√≠sico, o sistema tamb√©m demonstrar√° informa√ß√Ķes sobre as rela√ß√Ķes de trabalho anteriores, conforme os dados registrados. Por√©m, se n√£o houver v√≠nculos anteriores, somente estar√£o registrados os dados pessoais.

Como registrar o trabalhador nesses casos?

O registro de trabalhadores com a anota√ß√£o na carteira digital foi regulamentada em novembro de 2019 pela Portaria n.¬ļ 1.195 da Secretaria Especial de Previd√™ncia e Trabalho, trazendo os detalhes sobre como realizar o procedimento. Isso ser√° feito por meio do Esocial Dom√©stico, assim como as anota√ß√Ķes sobre f√©rias, altera√ß√£o salarial, acidentes e outros dados relevantes.

Caso n√£o tenha todas as informa√ß√Ķes completas da empregada dom√©stica, o registro inicial ser√° realizado pelo evento S-2190 ‚ÄĒ Admiss√£o Preliminar. Ele exige dados simplificados que devem ser inclu√≠dos antes do in√≠cio das atividades. S√£o eles:

- CPF;

- Data de nascimento;

- Data de admiss√£o;

- Categoria do empregado;

- Natureza da atividade;

- Valor do sal√°rio;

- Classifica√ß√£o Brasileira de Ocupa√ß√Ķes (CBO);

- Tipo de contrato, com indicação do prazo de término se for por tempo determinado.

Depois o empregador pode complementar os dados pelo S-2200 ‚ÄĒ Cadastramento Inicial do V√≠nculo e Admiss√£o/Ingresso do Trabalhador. Esse cadastro completo deve ser feito em at√© 15 dias ap√≥s o in√≠cio do trabalho, incluindo informa√ß√Ķes como:

- Nome completo, grau de instrução, sexo e endereço da empregada;

- Descrição do cargo ou função;

- Dados dos dependentes da empregada doméstica, se houver;

- Descrição do salário variável, se houver;

- Hor√°rio e local de trabalho;

- Data de op√ß√£o pelo Fundo de Garantia do Tempo de Servi√ßo (FGTS), para empregadas dom√©sticas admitidas antes de 1¬ļ de outubro de 2015.

Assim, todas as informa√ß√Ķes enviadas ser√£o disponibilizadas no aplicativo ou no site e servir√£o como prova do v√≠nculo empregat√≠cio. Al√©m disso, os demais dados do Esocial Dom√©stico relativos √† rela√ß√£o empregat√≠cia, como f√©rias, altera√ß√Ķes contratuais e a rescis√£o tamb√©m ser√£o disponibilizadas.

Pronto! Agora você já sabe como funciona a carteira de trabalho digital para domésticas, como emitir o documento e como fazer o registro do vínculo empregatício, ficará mais fácil lidar com as rotinas trabalhistas exigidas na legislação.

Fonte: nolar.com.br
 
 
Documento sem título
Sede - São Paulo
Av. Casper Líbero, 383, 13° andar, sl 13c
Centro - São Paulo/SP
(Próx. a Estação da Luz)

Telefone:
(11) 3228-1390
 
 
2014 Copyright © Todos os direitos reservados