Documento sem título
 
 
 
 
         
 
Documento sem título
FEDERAÇÃO
Funções
Missão
Base Territorial
Editais
Notícias
Informativos
Federação em Ação

Sindicatos Filiados

Convenções Coletivas

Circular de Reajuste

Benefícios

Dia das Crianças

Material Escolar

Dúvidas

Serviços Úteis

Disque Denúncia

Contato
 
 
 
Notícias
 
NotŪcia - 11/01/2023 - Viagem de Fam√≠lia com a Bab√°: Como remunerar?
11/01/2023 - Viagem de Família com a Babá: Como remunerar?

A viagem de família com a babá é permitida. Nestes casos, a hora de trabalho vale 25% mais. Além disso, gastos relacionados à hospedagem, alimentação, transporte e estadia são de responsabilidade total do empregador.

√Č comum em viagens de fam√≠lia ser necess√°rio levar a bab√°, uma vez que as necessidades dos membros continuam sendo as mesmas, inclusive das crian√ßas.

Contudo, uma d√ļvida costuma pairar entre os empregadores que n√£o podem dispensar os servi√ßos de seus dom√©sticos durante uma viagem. Afinal, em caso de viagem de fam√≠lia com a bab√°, como remuner√°-la?

Despesas pagas pelo empregador na viagem de família com a babá

Durante a viagem de família com a babá, o empregador deve pagar de modo integral todas as despesas da funcionária durante o período. Assim, todos os valores relacionados à hospedagem, estadia, transporte e alimentação são de responsabilidade do empregador.

No caso da alimentação, o empregador deve arcar com o seu pagamento durante todo o período da viagem.

Além disso, se a viagem em família for internacional, o empregador deve pagar para a babá os encargos referentes à emissão de vistos e passaporte.

√Č necess√°rio o pagamento de algum adicional pelo per√≠odo da viagem de fam√≠lia com a bab√°?

Nos casos de viagem de família com a babá, é preciso, primeiro, contar com o seu consentimento. No que diz respeito às horas, são devidas todas as que forem efetivamente trabalhadas.

Contudo, também é preciso observar que, nesse caso, há a incidência do adicional de viagem. Afinal, nesse tipo de situação, as horas de trabalho do empregado doméstico não são pagas como horas normais de trabalho.

Assim, deve-se acrescentar um adicional de 25% sobre o valor da hora de trabalho usual em casos de viagem de família com a babá. Dessa maneira, a remuneração do serviço em viagem conta com o valor 25% superior ao valor habitual de seu salário-hora.

√Č v√°lido ressaltar, ainda, que o pagamento de hora extra, adicional noturno e direito a intervalo seguem os mesmos princ√≠pios da rotina comum de trabalho. Portanto, devem ser pagos normalmente.

Como ficam os gastos pessoais e de lazer da bab√° durante a viagem?

O empregador deve arcar com a entrada de locais e eventos em que a empregada estiver prestando serviços, como os ingressos de um parque ou do cinema. Contudo, quando a babá estiver em sua hora de lazer, as despesas desse momento são de sua responsabilidade, pois são considerados gastos pessoais.

Assim, se no seu per√≠odo de descanso a bab√° desejar realizar um passeio tur√≠stico por conta pr√≥pria, por exemplo, o pagamento √© de sua responsabilidade. O mesmo ocorre com compras em alf√Ęndega, esse custo tamb√©m √© de sua inteira responsabilidade e n√£o deve recair sobre o empregador.

Portanto, em viagem de família com a babá, todos os gastos fora de seu horário de serviço são de sua própria responsabilidade.

Fonte: horadolar.com.br
 
 
Documento sem título
Sede - São Paulo
Av. Casper Líbero, 383, 13° andar, sl 13c
Centro - São Paulo/SP
(Próx. a Estação da Luz)

Telefone:
(11) 3228-1390
 
 
2014 Copyright © Todos os direitos reservados