Documento sem título
 
 
         
 
Documento sem título
FEDERAÇÃO
Funções
Missão
Base Territorial
Editais
Notícias
Informativos
Federação em Ação

Sindicatos Filiados

Convenções Coletivas

Benefícios

Parceiros

Dúvidas

Serviços Úteis

Disque Denúncia

Contato
 
 
 
 
Notícias
 
Notícia - 07/01/2016 - Número de empregados domésticos jovens cai pela metade em 10 anos
07/01/2016 - Número de empregados domésticos jovens cai pela metade em 10 anos

A representatividade dos jovens no emprego doméstico caiu pela metade na última década. Os

trabalhadores com vínculo de emprego doméstico em idade entre 18 e 29 anos representavam apenas 30% da categoria, em 2004. No ano passado, 2015, pouco mais de uma década depois, esta representatividade caiu para 14%, de acordo com dados da última edição da Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios (PNAD), do IBGE.

O quadro de empregados domésticos brasileiros é predominantemente composto por mulheres com mais de 50 anos, em sua maioria negras e com baixo nível de escolaridade. A redução na participação de jovens neste mercado se dá principalmente por dois fatores: aumento de oportunidades de empregos em outros setores, como comércio e posições de atendimento, além de um maior acesso à educação.

Com o crescimento do nível escolar, por meio de cursos técnicos e acesso à educação de nível superior com programas educacionais como Prouni e o Fies, a maioria dos jovens almeja outras profissões. “Antigamente, a filha da empregada doméstica se tornava empregada também. Atualmente, isto não acontece. Elas têm oportunidade de desempenhar outros tipos de trabalhos”, aponta Mario Avelino, Presidente do Portal Doméstica Legal. O Presidente da Doméstica Legal que acredita ainda que o Brasil está passando por um momento de transformação para o emprego doméstico. Os novos direitos conquistados por estes trabalhadores por meio da PL 150 deve se somar a uma escassez de mão de obra nas próximas décadas. Isto deve trazer uma realidade parecida com a vivida na América do Norte, por exemplo, em que o trabalho é muito bem remunerado. “ Só vai ter empregada doméstica em jornada integral quem puder pagar pelo serviço”, avalia Avelino.

Fonte: Blog Doméstica Legal
 
 
Documento sem título
Sede - São Paulo
Av. Casper Líbero, 383, 13° andar, sl 13c
Centro - São Paulo/SP
(Próx. a Estação da Luz)

Telefone:
(11) 3228-1390
 
Sub Sede - Campinas:
Rua Visconde do Rio Branco, 301 - Ed Liberdade
5º Andar - Conj 501 - Sala 02
Centro - Campinas/SP

Telefone:
(19) 3232-0956
 
2014 Copyright © Todos os direitos reservados