Documento sem título
 
 
         
 
Documento sem título
FEDERAÇÃO
Funções
Missão
Base Territorial
Editais
Notícias
Informativos
Federação em Ação

Sindicatos Filiados

Convenções Coletivas

Benefícios

Parceiros

Dúvidas

Serviços Úteis

Disque Denúncia

Contato
 
 
 
 
Notícias
 
Notícia - 22/04/2012 - Dia 27 de abril, dia de Santa Zita - Padroeira das empregadas domésticas
22/04/2012 - Dia 27 de abril, dia de Santa Zita - Padroeira das empregadas domésticas

Santa Zita nasceu em 1218 no povoado de Monsagrati, próximo a Luca na Itália, e como tantas outras meninas ela foi colocada para trabalhar em casa de nobres ricos. Era a única forma de uma moça não se tornar um peso para a família, pobre e numerosa. Ela não ganharia salário, trabalharia praticamente como uma escrava, mas teria comida, roupa e, quem sabe, até um dote para conseguir um bom casamento, se a família que lhe desse acolhida se afeiçoasse a ela e tivesse interesse em vê-la casada. Zita tinha apenas 12 anos quando isso aconteceu. e a família para quem foi servir não costumava tratar bem seus criados. Ela sofreu muito, principalmente nos primeiros tempos. Era maltratada pelos patrões e pelos demais empregados. porém aguentou tudo com humildade e fé, rezando muito e praticando muita caridade. Aliás, foi o que tornou Zita conhecida entre os pobres: a caridade cristã. Tudo que ganhava dos patrões dava aos necessitados. Realizava muito bem o seu trabalho, e em consequência disso foi pouco a pouco conquistando a simpatia e a confiança dos patrões e a inveja dos outros criados. Os criados só ficaram convencidos que ela era uma santa quando, um dia, encontraram um anjo fazendo os pães e outro lavando a roupa no lugar de Santa Zita, que atendia a um pobre doente a porta da casa.

A sua vida foi uma obra de dedicação total aos pobres e doentes que durou até sua morte, no dia 27 de abril de 1278. Todavia, sua interferência a favor deles não terminou nesse dia. o seu túmulo, na basílica de São Frediano, conserva até hoje o seu corpo, que repousa intacto, como foi constatado na sua última exumação, em 1652, e se tronou lugar de graça e de muitos milagres comprovados e aceitos. Acontecimentos que serviram para confirmar sua canonização em 1696 pelo Papa Inocêncio XII. A vida de Santa Zita marcou de tal forma a história da cidade que ela foi elevada à condição de sua padroeira. O papa Pio XII proclamou-a padroeira das empregadas domésticas.

Oração à Santa Zita

Ó Santa Zita, que no humilde trabalho doméstico soubestes ser solícita como foi Marta, quando servis Jesus, em Betânia, e piedosa como Maria Madalena, aos pés do mesmo Jesus. Ajudai-me a suportar com ânimo e paciência todos os sacrifícios que me impõem os meus trabalhos domésticos. Ajudai-me a tratar as pessoas da família como se fossem meus irmãos.
Ó Deus, recebei o meu trabalho, o meu cansaço e minhas tribulações, e pela intercessão de Santa Zita, dai-me forças para cumprir sempre meus deveres, para merecer o reconhecimento dos que sirvo e a recompensa eterna do céu.

Santa Zita, ajudai-me.
Amém.
 
 
Documento sem título
Sede - São Paulo
Av. Casper Líbero, 383, 13° andar, sl 13c
Centro - São Paulo/SP
(Próx. a Estação da Luz)

Telefone:
(11) 3228-1390
 
Sub Sede - Campinas:
Rua Visconde do Rio Branco, 301 - Ed Liberdade
5º Andar - Conj 501 - Sala 02
Centro - Campinas/SP

Telefone:
(19) 3232-0956
 
2014 Copyright © Todos os direitos reservados