Documento sem título
 
 
         
 
Documento sem título
FEDERAÇÃO
Funções
Missão
Base Territorial
Editais
Notícias
Informativos
Federação em Ação

Sindicatos Filiados

Convenções Coletivas

Circular de Reajuste

Benefícios

Parceiros

Dúvidas

Serviços Úteis

Disque Denúncia

Contato
 
 
 
Notícias
 
NotŪcia - 10/01/2017 - Faltas n√£o justificadas podem ser abatidas das f√©rias da dom√©stica
10/01/2017 - Faltas não justificadas podem ser abatidas das férias da doméstica

A partir de 5 faltas não justificadas os dias já podem ser descontados do período de férias do trabalhador. Tabela mostra variação de acordo com a quantidade de ausências ao longo do período
Faltas n√£o justificadas
O emprego dom√©stico √© uma rela√ß√£o entre pessoas f√≠sicas, diferente das empresas que contratam seus funcion√°rios e podem contar facilmente com substitui√ß√Ķes em caso de faltas. Como na maioria das vezes, o empregador dom√©stico √© leigo para assuntos relativos √† legisla√ß√£o trabalhista e n√£o conta com o aux√≠lio de um departamento pessoal, para gerir as rotinas dos seus empregados, poucos sabem que as faltas injustificadas do trabalhador contam para as f√©rias podendo abater dias do tempo de descanso.

Veja como funciona e entenda a partir de quantos dias de ausência já podem ser descontados das férias.



Tabela relação faltas x férias

A cada Período Aquisitivo Normal de 12 meses
N√ļmero de Faltas
N√ļmero de dias de f√©rias que o empregado ter√° direito
Até 05 faltas no período 30 dias corridos de férias
De 06 a 14 faltas no período 24 dias corridos de férias
De 15 a 23 faltas no período 18 dias corridos de férias
De 24 a 32 faltas no período 12 dias corridos de férias
Acima de 32 faltas no período O empregado perde o direito às férias


Tabela de faltas não justificadas em relação às férias proporcionais na rescisão contratual

Períodos Proporcionais na Rescisão Contratual
Férias Proporcionais Até 5 Faltas De 6 a 14 Faltas De 15 a 23 Faltas
De 24 a 32 Faltas
01/12 2,5 dias 2 dias 1,5 dias 1 dia
02/12 5 dias 4 dias 3 dias 2 dias
03/12 7,5 dias 6 dias 4,5 dias 3 dias
04/12 10 dias 8 dias 6 dias 4 dias
05/12 12,5 dias 10 dias 7,5 dias 5 dias
06/12 15 dias 12 dias 9 dias 6 dias
07/12 17,5 dias 14 dias 10,5 dias 7 dias
08/12 20 dias 16 dias 12 dias 8 dias
09/12 22,5 dias 18 dias 13,5 dias 9 dias
10/12 25 dias 20 dias 15 dias 10 dias
11/12 27,5 dias 22 dias 16,5 dias 11 dias
12/12 30 dias 24 dias 18 dias 12 dias
Acima de 32 faltas o empregado perde o direito às férias


O que diz a legislação

Legisla√ß√£o Base: CLT ‚Äď Consolida√ß√£o das Leis do Trabalho
Art. 130. Após cada período de 12 (doze) meses de vigência do contrato de trabalho, o empregado terá direito a férias, na seguintes proporção:
I ‚Äď 30 (trinta) dias corridos, quando n√£o houver faltado ao servi√ßo mais de 5 (cinco) vezes;
II ‚Äď 24 (vinte e quatro) dias corridos, quando houver tido de 6 (seis) a 14 (quatorze) faltas;
III ‚Äď 18 (dezoito) dias corridos, quando houver tido de 15 (quinze) a 23 (vinte e tr√™s) faltas;
IV ‚Äď 12 doze) dias corridos, quando houver tido de 24 (vinte e quatro) a 32 (trinta e duas) faltas.
¬ß 1¬ļ √Č vedado descontar, do per√≠odo de f√©rias, as faltas do empregado ao servi√ßo.
¬ß 2¬ļ O per√≠odo de f√©rias ser√° computado, para todos os efeitos, como tempo de servi√ßo.

Fonte: Doméstica Legal
 
 
Documento sem título
Sede - São Paulo
Av. Casper Líbero, 383, 13° andar, sl 13c
Centro - São Paulo/SP
(Próx. a Estação da Luz)

Telefone:
(11) 3228-1390
 
Sub Sede - Campinas:
Rua Visconde do Rio Branco, 301 - Ed Liberdade
5º Andar - Conj 501 - Sala 02
Centro - Campinas/SP

Telefone:
(19) 3232-0956
 
2014 Copyright © Todos os direitos reservados