Documento sem título
 
 
         
 
Documento sem título
FEDERAÇÃO
Funções
Missão
Base Territorial
Editais
Notícias
Informativos
Federação em Ação

Sindicatos Filiados

Convenções Coletivas

Circular de Reajuste

Benefícios

Parceiros

Dúvidas

Serviços Úteis

Disque Denúncia

Contato
 
 
 
 
Notícias
 
NotŪcia - 17/02/2017 - Faltas injustificadas no emprego dom√©stico, um erro que pode gerar a demiss√£o
17/02/2017 - Faltas injustificadas no emprego doméstico, um erro que pode gerar a demissão

O empregador doméstico poderá descontar e até demitir por justa causa a empregada que falta e não justifica

A empregada dom√©stica pode ter a necessidade de faltar ao trabalho em determinado per√≠odo por diferentes raz√Ķes, desde uma enfermidade ou at√© mesmo pela insatisfa√ß√£o em seu trabalho. Quando esse motivo n√£o pode ser justificado, o empregador dom√©stico poder√° descontar no contracheque essa falta. Essas aus√™ncias sem justifica√ß√£o, por lei n√£o d√£o direito a sal√°rios referente a estes dias de faltas e demais consequ√™ncias legais. Os resultados dessas faltas podem gerar a perda do pagamento correspondente ao per√≠odo de aus√™ncia e ainda a aplica√ß√£o de penalidades disciplinares mantenedoras do contrato de trabalho e uma poss√≠vel demiss√£o.

Com essas faltas injustificadas, a dom√©stica al√©m de sofrer repreens√Ķes como dedu√ß√£o em seu sal√°rio, poder√° ter o desconto do repouso semanal remunerado, da remunera√ß√£o pelo dia de folga. Por exemplo, quando o trabalhador falta uma semana, ele ser√° descontado o repouso da semana remunerado, porque fica entendido que a sua falta foi usada para seu descanso. E nos casos em que a empregada falta apenas algumas horas, o empregador dever√° descontar apenas como atraso ou sa√≠das antecipadas.

O decreto 3048/99 prev√™ o controle das faltas, descontos e apresenta√ß√£o de atestado m√©dico no caso de doen√ßa. Quando a empregada falta por motivo de doen√ßa, a partir do primeiro dia dever√° pedir o aux√≠lio doen√ßa e agendar a per√≠cia em um posto do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) onde receber√° pelos dias compostos no atestado. Agora quando as faltas n√£o s√£o justificadas pelo empregado dom√©stico, esses dias podem ser descontados do sal√°rio. E al√©m do sal√°rio tamb√©m poder√° ser descontado o transporte e em alguns casos o vale refei√ß√£o ou alimenta√ß√£o. Justificativas provenientes de falsas declara√ß√Ķes tamb√©m podem motivar o despedimento por justa causa.

Outro fator que é importante ressaltar, no caso das faltas injustificadas pela doméstica é o abandono de emprego, isto ocorre quando a empregada falta trinta dias consecutivos ao trabalho sem justificativas legais e essas faltas acarretam a demissão por justa causa, de acordo com a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) no artigo 482.



Falta nas férias
O desconto das faltas nas f√©rias √© proibido pelo artigo 130, par√°grafo 1¬ļ da CLT. O que significa que a dedu√ß√£o n√£o pode ser de uma falta para menos um dia de f√©rias, mas da forma e na propor√ß√£o como mostrada na tabela abaixo:

00 a 05 faltas 30 dias de férias
06 a 14 faltas 24 dias de férias
15 a 23 faltas 18 dias de férias
24 a 32 faltas 12 dias de férias
mais de 32 faltas não tem direito a gozar férias


Férias Horário Parcial
Horário parcial: Empregado que trabalha até 25 horas semanais, sendo no máximo 6 horas por dia.

Jornada de Trabalho Até 7 Faltas Mais de 7 Faltas


Superior a 22 até 25 horas 18 dias 9 dias


Superior a 20 até 22 horas 16 dias 8 dias


Superior a 15 até 20 horas 14 dias 7 dias


Superior a 10 até 15 horas 12 dias 6 dias


Superior a 05 até 10 horas 10 dias 5 dias


Igual ou inferior a 5 horas 8 dias 4 dias

Fonte: Doméstica Legal

 
 
Documento sem título
Sede - São Paulo
Av. Casper Líbero, 383, 13° andar, sl 13c
Centro - São Paulo/SP
(Próx. a Estação da Luz)

Telefone:
(11) 3228-1390
 
Sub Sede - Campinas:
Rua Visconde do Rio Branco, 301 - Ed Liberdade
5º Andar - Conj 501 - Sala 02
Centro - Campinas/SP

Telefone:
(19) 3232-0956
 
2014 Copyright © Todos os direitos reservados