Documento sem título
 
 
         
 
Documento sem título
FEDERAÇÃO
Funções
Missão
Base Territorial
Editais
Notícias
Informativos
Federação em Ação

Sindicatos Filiados

Convenções Coletivas

Benefícios

Parceiros

Dúvidas

Serviços Úteis

Disque Denúncia

Contato
 
 
 
 
Notícias
 
Notícia - 23/10/2017 - Sindicato Alerta que 90% dos Patrões Não Estão em dia Com Imposto Sindical
23/10/2017 - Sindicato Alerta que 90% dos Patrões Não Estão em dia Com Imposto Sindical

O Sindicato dos Trabalhadores Domésticos de Catanduva e Região alerta que 90% dos patrões não estão em dia com o imposto sindical que é obrigatório a cada trimestre. Atualmente encontram-se legalizados uma média 3,8 mil domésticos de Catanduva e apenas 400 estão com os impostos sindicais em dia.

Conforme informações da presidente do Sindicato dos Trabalhadores Domésticos de Catanduva Maria Amélia Pereira de Souza, os empregadores tem até o dia 30 de dezembro para regularizar as dívidas sem juros e multas.

“A partir deste ano, após a convenção coletiva, ficou obrigatório o recolhimento das guias assistenciais e guia sindical. Por isso estamos alertando a todos os empregadores e contadores a regularizar essas taxas”, informa a presidente Maria Amélia.

O contador financeiro do Sindicato dos Trabalhadores Domésticos de Catanduva André Valdir Moimas ressalta que é raro o mês que 540 empregadores contribuem com as taxas trabalhistas.

“Pedimos que todos os contadores e empregadores tragam cópias das guias assistenciais e sindicais pagas durante o ano de 2017 e aqueles que ainda não pagaram tem até o dia 30 de dezembro para efetuar o pagamento sem multa e juros”, informa Moimas.

Dentre os benefícios dos trabalhadores domésticos, a sindicalista orienta que o plano de saúde também deve ser pago mensalmente.

“Além dessas taxas que não estão sendo pagas, também queremos orientar o empregador para não deixar de pagar o plano de saúde do empregado. É um valor baixo, de R$ 10,80 por mês, mas senão pagarem e, por ventura, a doméstica chegar a falecer ou se afastar por invalidez, o empregador terá que pagar R$ 30 mil para a família, mais R$ 2 mil para a ajuda funerária e mais quatro meses de cesta básica no valor de R$ 200 cada”, aponta Maria Amélia.

Conforme informações do consultor financeiro, o valor da guia assistencial é de R$ 18 a R$ 22, dependendo do salário do empregado.

“Antes do dia 10 de cada três meses, essas taxas devem ser recolhidas de acordo com a convenção coletiva deste ano. Na 48ª cláusula da convenção fica claro o texto sobre prazos e multas no caso de descumprimentos de uma das cláusulas, sendo que o empregador deverá pagar para o empregado prejudicado e para cada infração cometida multa de 20% do salário mínimo federal, que está em R$ 937. Ou seja, terá que pagar 20% de multa se deixar de pagar as guias assistenciais, como também será cobrado o valor de 10% e mais juros de 1% ao mês atrasado. Mas queremos deixar bem claro que se for acertado até o dia 30 de dezembro não será cobrado as taxas de juros e multas”, diz Moimas.


CONVENÇÃO

O Sindicato dos Trabalhadores Domésticos atende a cidade e mais 17 municípios da região. Nesta sexta-feira (20), a presidente do sindicato estará em Campinas para entregar a pauta das novas reivindicações para a convenção de 2018.

Após as negociações na convenção coletiva deste ano, entre o Sindicato dos Trabalhadores Domésticos de Catanduva e Região e o Sindicato dos Empregadores Domésticos de Campinas e Região (Sedcar) o piso salarial do empregado doméstico subiu para R$ 1.139. A categoria comemora os benefícios que em comparação com outras categorias estavam defasados.

Outro benefício conquistado pela categoria é o feriado no dia 27 de abril.

Enquadra-se também na categoria: enfermeiro, cuidador de idoso, porteiro, motorista, dentre outros.


SERVIÇO

Para mais informações os interessados devem entrar em contato pelo telefone (17) 3521-6993. O sindicato está localizado na Rua Pernambuco, 620.


Karla Sibro

Da reportagem local


Fonte: O Regional
 
 
Documento sem título
Sede - São Paulo
Av. Casper Líbero, 383, 13° andar, sl 13c
Centro - São Paulo/SP
(Próx. a Estação da Luz)

Telefone:
(11) 3228-1390
 
Sub Sede - Campinas:
Rua Visconde do Rio Branco, 301 - Ed Liberdade
5º Andar - Conj 501 - Sala 02
Centro - Campinas/SP

Telefone:
(19) 3232-0956
 
2014 Copyright © Todos os direitos reservados