Documento sem título
 
 
         
 
Documento sem título
FEDERAÇÃO
Funções
Missão
Base Territorial
Editais
Notícias
Informativos
Federação em Ação

Sindicatos Filiados

Convenções Coletivas

Circular de Reajuste

Benefícios

Parceiros

Dúvidas

Serviços Úteis

Disque Denúncia

Contato
 
 
 
Notícias
 
Notícia - 25/10/2017 - Conheça as estabilidades previstas por lei no emprego doméstico
25/10/2017 - Conheça as estabilidades previstas por lei no emprego doméstico



Algumas estabilidades são previstas somente por Acordos e Convenções Coletivas

No emprego doméstico existem situações que o empregado possui estabilidade provisória no emprego, seja por acidente no trabalho, gestação, entre outros motivos. Seu emprego fica garantido durante determinado período – dependendo da situação. O empregado não pode ser dispensado por vontade do empregador, exceto por justa causa ou força maior.

Algumas estabilidades provisórias são previstas em Acordos e Convenções Coletivas, em cidades que são contempladas por sindicatos. A intenção é assegurar aos empregados a garantia do emprego e o salário. Conheça as estabilidades previstas por lei que se aplicam ao emprego doméstico:

Gestante

A empregada gestante doméstica tem estabilidade provisória desde a confirmação da gravidez até cinco meses após o parto, é o que estabelece o artigo 10, II, “b” do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias da Constituição Federal/88.

Acidente de trabalho

O empregado doméstico que sofrer um acidente de trabalho tem seu contrato de trabalho assegurado na empresa pelo prazo de 12 meses, após o auxílio-doença acidentário encerrar. Mas para isso, ele precisa ter ficado afastado pelo INSS. Ou seja, o empregado que recebeu alta médica após o retorno do benefício previdenciário tem o emprego garantido. É o que estabelece o artigo 118 da Lei nº 8.213/91.

Acordos e Convenção Coletiva

Para assegurar aos empregados domésticos a garantia de emprego e salário, são determinados Acordos e Convenções Coletivas estabelecendo algumas estabilidades: garantia ao empregado em vias de aposentadoria, aviso prévio, complementação de auxílio-doença, estabilidade da gestante, entre outras. Mas é importante lembrar que apenas algumas cidades de São Paulo possuem Acordos Coletivos.

Para saber quais as garantias asseguradas em sua cidade, o empregador precisa procurar o sindicato de domésticas mais próximo de sua localidade.

Fonte: Doméstica Legal
 
 
Documento sem título
Sede - São Paulo
Av. Casper Líbero, 383, 13° andar, sl 13c
Centro - São Paulo/SP
(Próx. a Estação da Luz)

Telefone:
(11) 3228-1390
 
Sub Sede - Campinas:
Rua Visconde do Rio Branco, 301 - Ed Liberdade
5º Andar - Conj 501 - Sala 02
Centro - Campinas/SP

Telefone:
(19) 3232-0956
 
2014 Copyright © Todos os direitos reservados