Documento sem título
     
 
 
 
 
 
         
 
Documento sem título
FEDERAÇÃO
Funções
Missão
Base Territorial
Editais
Notícias
Federação em Ação

Sindicatos Filiados

Convenções Coletivas

Benefícios

Dúvidas

Serviços Úteis

Disque Denúncia

Contato
 
 
 
Notícias
 
NotŪcia - 04/01/2018 - Valoriza√ß√£o do trabalho: como ter empatia pela empregada dom√©stica?
04/01/2018 - Valorização do trabalho: como ter empatia pela empregada doméstica?

O trabalho dom√©stico √© dif√≠cil, cont√≠nuo e, por vezes, mal valorizado. Por isso, √© necess√°ria uma s√©rie de a√ß√Ķes que contribuam para que ele seja percebido com um novo olhar.

Ter empatia por esse tipo de serviço é uma das formas de mudar tal percepção. Empatia é a capacidade de se colocar no lugar do outro e, assim, tratá-lo como gostaríamos de ser tratados.

A forma de perceber a empregada doméstica vem mudando com o tempo, mas há raízes culturais muito marcadas que contribuem para a sua desvalorização. Hoje, ela tem uma legislação específica, que garante o acesso aos direitos trabalhistas (como qualquer outro ofício), mas ainda é preciso um esforço diário para que a sociedade a reconheça.

Confira algumas a√ß√Ķes que podem contribuir para a valoriza√ß√£o do trabalho desenvolvido por essa profissional:


Reconheça o trabalho desempenhado

Nada melhor do que receber um elogio por um trabalho bem feito. Com a empregada doméstica isso é ainda mais importante, pois, muitas vezes, sua rotina é pesada e repetitiva. Perceber pequenos detalhes e elogiá-los, portanto, faz toda a diferença.

Se ela colocou um forro de mesa diferente, elogie; se trouxe algumas flores e as colocou em um vaso, perceba e comente! O reconhecimento também pode chegar em forma de premiação.

Se a profissional te ajudou muito em um período de mudança, quando você ganhou bebê ou durante uma festa, pague as horas extras devidas, mas também reconheça de uma forma especial. Ofereça uma folga no dia do aniversário ou leve entradas de cinema para que ela possa curtir uma tarde de domingo diferente com o namorado.

D√™ orienta√ß√Ķes claras

Uma maneira simples de valorizar o trabalho da empregada dom√©stica e demonstrar empatia por ela √© oferecer orienta√ß√Ķes claras sobre o trabalho que precisa ser desenvolvido. Isso pode parecer uma bobagem, mas faz bastante diferen√ßa.

Tenha um quadro no qual todas as tarefas estejam registradas no dia da semana correspondente. Passe ponto a ponto com sua colaboradora e pergunte se h√° alguma quest√£o que ela queira discutir. Esclare√ßa cada detalhe e deixe o canal aberto para que ela tire outras d√ļvidas quando for realiz√°-las.

Destaque aqueles pontos mais cr√≠ticos em vermelho. Se a fam√≠lia tem alergia a algum produto de limpeza, por exemplo, deve ficar claro que o item s√≥ deve ser usado quando ningu√©m estiver em casa e apenas se for imprescind√≠vel. Se o condom√≠nio tem alarme nos port√Ķes, as senhas devem ficar registradas em local de f√°cil acesso.

Incentive uma comunicação amigável

Existem muitos perfis de pessoas: umas falam com facilidade; outras t√™m dificuldades na hora de expressar algo. √Č interessante que haja uma boa comunica√ß√£o entre empregada e empregador, para que o ambiente de trabalho seja amig√°vel e tranquilo.

Estar sempre acess√≠vel para a comunica√ß√£o n√£o quer dizer ter intimidade ou discutir quest√Ķes familiares na frente da profissional. Nada disso! O objetivo √© apenas facilitar o di√°logo e, assim, fazer com que o trabalho funcione bem e a conviv√™ncia seja sadia.

Esse canal precisa funcionar em duas vias: você fala e escuta, assim como ela. Converse com alegria, em tom baixo e tranquilo.

Se voc√™s n√£o tiverem muito tempo para dialogar, prepare bilhetinhos e instru√ß√Ķes, deixando claro que ela pode enviar mensagens de Whatsapp quando precisar. Comunicar bem e de forma acess√≠vel com qualquer pessoa √© muito importante para valorizar o profissional.

Dê liberdade e flexibilidade

Dar liberdade não quer dizer ser permissivo, mas sim dar a oportunidade de a empregada doméstica fazer escolhas no que se refere ao seu trabalho.

Se você sempre teve as roupas passadas às sextas-feiras, mas a profissional acha melhor passar às quintas, deixe que ela escolha o dia melhor para organizar a própria rotina. Desde que a tarefa seja entregue, deixe que ela mesma eleja as melhores formas de fazer isso.

Outro ponto essencial √© a flexibilidade. √Č muito importante demonstrar empatia quando sua colaboradora precisa alterar o hor√°rio de trabalho em fun√ß√£o de uma consulta m√©dica, um problema na fam√≠lia ou um entrave no tr√Ęnsito. Deixe claro que h√° espa√ßo para flexibilizar quando for necess√°rio, desde que seja tudo combinado previamente e com muito di√°logo.

Importe-se

Importar-se √© reconhecer que o outro ‚ÄĒ assim como voc√™ ‚ÄĒ tem necessidades. A empregada dom√©stica tem problemas, anseios, ang√ļstias, d√ļvidas e muitos sonhos, como qualquer pessoa! Preocupe-se em demonstrar que ela √© t√£o importante para a sua fam√≠lia que voc√™ quer o melhor para a sua vida pessoal.

Se h√° algum problema de sa√ļde, incentive-a a buscar por apoio m√©dico. Se ela fez anivers√°rio, prepare uma surpresa! Se ela est√° querendo voltar a estudar, d√™ todo o apoio e ajude-a a lembrar dos prazos para a prova do Enem.

√Č preciso se importar com as pessoas que est√£o ao seu redor. S√£o esses indiv√≠duos que tornam o caminhar mais f√°cil, por isso eles tamb√©m precisam estar bem. Se notar uma queda de √Ęnimo ou de motiva√ß√£o, pergunte se algo aconteceu e se pode ajudar.

Muitas vezes, um bom ouvido é o melhor remédio! Ofereça um livro que você acha que possa ajudar ou conte algum caso de sucesso para motivá-la. Só não vale deixar a profissional sair da sua casa pior do que entrou, ok?

Ofereça feedbacks

√Č muito importante oferecer feedbacks constantes para a empregada dom√©stica, pois essa √© uma forma de dar retorno sobre o seu trabalho. Haver√° algumas vezes em que eles ser√£o positivos e, em outras, ser√° necess√°rio apontar pontos de melhoria. Mas lembre-se: isso deve ser feito com todo o cuidado e muita aten√ß√£o.

Se você gosta que os móveis sejam limpos de uma maneira específica, mostre a ela como isso deve ser feito, para que ela compreenda. Se os vidros não foram limpos, diga a ela com que frequência essa atividade deve acontecer e de que forma você gosta que seja feita.

D√™ espa√ßo para que a profissional argumente e d√™ sugest√Ķes de como a tarefa pode ser executada de um modo melhor. Aproveite a experi√™ncia que ela tem e use isso em prol da valoriza√ß√£o do trabalho e de uma atividade bem feita. Sempre √© poss√≠vel ensinar e aprender algo ‚ÄĒ lembre-se disso no seu cotidiano!

Viu como √© simples ter empatia pelo trabalho da empregada dom√©stica e promover a√ß√Ķes de valoriza√ß√£o do trabalho dessa profissional?

Fonte: LALABEE
 
 
Documento sem título
Endereço:
Av. Casper Líbero, 383, 2° andar, sala 2d
Centro - São Paulo/SP (Próx. a Estação da Luz)
CEP: 01033-001
 
Telefone:
(11) 3228-1390
 
2014 Copyright © Todos os direitos reservados