Documento sem título
 
 
         
 
Documento sem título
FEDERAÇÃO
Funções
Missão
Base Territorial
Editais
Notícias
Informativos
Federação em Ação

Sindicatos Filiados

Convenções Coletivas

Benefícios

Parceiros

Dúvidas

Serviços Úteis

Disque Denúncia

Contato
 
 
 
 
Notícias
 
Notícia - 27/10/2020 - NOTA PÚBLICA DE REPÚDIO
27/10/2020 - NOTA PÚBLICA DE REPÚDIO

A FEDERAÇÃO DAS EMPREGADAS E TRABALHADORES DOMÉSTICOS DE SÃO PAULO _ “FEDERAÇÃO DOMÉSTICAS –SP”, com grande revolta vem manifestar extrema repugnância a falta de humanidade e empatia que prevalece nas relações de emprego doméstico, não bastasse a crescente informalidade da classe e as desigualdades sociais e econômicas predominantes, nossos trabalhadores ainda se submetem diariamente a condições degradantes de trabalho, humilhações, xingamentos, agressões físicas e morais, e nos perguntamos até quando os trabalhadores domésticos serão objetificados como máquinas ou propriedades escravagistas?

Assim, importa dizer, que na data de ontem, 25 de outubro de 2020, foi veiculada uma matéria no Fantástico e também disponibilizada na GloboNews, uma série de vídeos que mostram a embaixadora das Filipinas no Brasil agredindo uma empregada doméstica, dentro da residência diplomática. As imagens são fortes e foram usadas como provas em uma denúncia feita contra a embaixadora Marichu Mauro no fim de agosto.

A Federação Domésticas-SP como Entidade representante do extenso Estado de São Paulo, vem a público protestar pelos milhões de trabalhadores domésticos que habitualmente tem seus direitos e dignidade humana violados, em contrapartida, há diversos empregadores em situação idêntica à da embaixadora, que se salvaguardam de grandes cargos públicos e/ou poder econômico em detrimento de trabalhadores vulneráveis que buscam sobreviver e minimamente levar sustento a suas famílias.

Em suma, a cada dia está mais exposto a cultura elitista e a desigualdade que predomina no nosso país, pois muito embora os domésticos sejam uma das maiores classes de trabalhadores no mundo e também do Brasil, sempre foi uma categoria discriminada, diferenciada e marginalizada em todos os âmbitos possíveis, sejam culturais, sociais, jurisprudenciais e legislativo.

Isto posto, são inúmeros os pontos em que esses trabalhadores foram e continuam prejudicados e o comportamento repulsivo da embaixadora nos leva a crer que esses constantes abusos de poder não se tratam de casos isolados, pois existem tanto outros trabalhadores silentes que vivenciam situações iguais ou piores.

Fato é, que a desigualdade social subsiste, mas a FEDERAÇÃO DOMÉSTICAS-SP que representa esses trabalhadores luta e objetiva garantir melhores condições de trabalho, visando sempre ascender a classe e não regressar os direitos que já foram conquistados, sem medir esforços para que esses trabalhadores tenham voz e não sejam inferiorizados!!

Deste modo, com a “imunidade diplomática” da embaixadora, que claramente representa impunidade e falta de justiça pelos atos horrendos praticados em território brasileiro, esperamos seriamente que o Governo das Filipinas apure o ocorrido e com efeito, seja a diplomata expulsa do país e condenada nos termos legais, pois os trabalhadores domésticos não são objetos ou propriedades dos empregadores domésticos, devendo estes serem tratados com o devido respeito!!
 
 
Documento sem título
Sede - São Paulo
Av. Casper Líbero, 383, 13° andar, sl 13c
Centro - São Paulo/SP
(Próx. a Estação da Luz)

Telefone:
(11) 3228-1390
 
Sub Sede - Campinas:
Rua Visconde do Rio Branco, 301 - Ed Liberdade
5º Andar - Conj 501 - Sala 02
Centro - Campinas/SP

Telefone:
(19) 3232-0956
 
2014 Copyright © Todos os direitos reservados